SUSTENTABILIDADE

Sustentabilidade

O relatório de sustentabilidade permite as organizações divulgar para os diversos públicos (sociedade, governo, acionistas, outras empresas) seu desempenho sustentável. Através disso é possível descrever e comunicam, além do desempenho econômico, os impactos gerados nas esferas sociais e ambientais.

O Relatório de Sustentabilidade deve seguir princípios e diretrizes que assegurem a exatidão e a confiabilidade das informações fornecidas, o relatório tem o propósito também de prestar conta para os diversos públicos que a empresa se relaciona quanto ao seu desempenho organizacional.

Fundada em 1997, a instituição conhecida como Global Reporting Initiative (GRI) desenvolveu uma estrutura para medir o desempenho sustentável de empresas, repartições públicas, ONGs e outras instituições. As diretrizes de desenvolvimento propostas pelo GRI é a maior referência nesta área e a mais bem aceita entre os órgão públicos, privados e a sociedade.

Os motivos para as organizações publicarem relatório de sustentabilidade podem ser internos ou externos, tangíveis ou intangíveis, financeiros ou morais.

Principais benefícios internos:

  • Maior compreensão de riscos e oportunidades
  • Enfatizar o link entre desempenho financeiro e não financeiro
  • Contribui para definição de estratégias e políticas de gerenciamento de longo prazo e planos de negócios
  • Racionalização de processos, redução de custos e melhoria da eficiência
  • Benchmarking e avaliação do desempenho de sustentabilidade em relação a leis, normas, códigos, padrões de desempenho e iniciativas voluntárias
  • Oportunidade para comparar seu desempenho internamente e entre outras organizações e setores

Principais benefícios internos:

  • Melhorar  a reputação da organização
  • Permitir que partes interessadas externas entendam o verdadeiro valor da organização e dos seus ativos tangíveis e intangíveis
  • Demonstrar como a organização influencia e é influenciada pelas expectativas sobre desenvolvimento sustentável

A elaboração de relatórios da GRI é um processo em que a organização:

  • Passa a compreender os impactos econômicos, sociais e ambientais de suas atividades
  • Estabelece um diálogo com seus stakeholders sobre esses impactos
  • Define quais são os aspectos e indicadores mais importantes para refletir suas contribuições econômicas, ambientais e sociais
  • Define metas
    • Monitora (ou se prepara para monitorar) seus resultados
    • Comunica todas essas fases

A RSE Consultoria tem uma equipe de profissionais experientes para apoiar seus clientes na:

  • Elaboração de relatório segundo a estrutura proposta pelo GRI
  • Definição de indicadores de sustentabilidade
Copyright 2017 | Todos os direitos reservados. Desenvolvido por www.georgemota.com